"Here's tae the King Sir, Ye ken wha I mean Sir.
And tae every honest man that would dare it again.

Here's tae the chieftains of a' the Hieland clans
They dare'd mair then once, and will dare it again!

When ye hear tae the pipes sound "Tootie tattie" tae the drum.
Then up your sword and doon your gun, and tae the rouges again."

(The Jacobite Toast)


Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Blog Archive

Tuesday, 6 October 2009

Robert Burns - Um dos maiores poetas do mundo!

Poesia e canção

Durante algumas postagens colocarei algo para nosso deleite de conhecimento. Falo sobre Robert Burns, em minha opinião o maior poeta da Escócia.



Robert Burns também conhecido como Rabbie Burns foi um poeta escocês (Alloway, Ayrshire, 25 de Janeiro de 1759 - Dumfries, 21 de Julho de 1796). Burns escreveu poemas que prefiguram o romantismo e comédia. Cheias de simplicidade e espontaneidade, as poesias escritas em escocês tinham como tema sua aldeia, a natureza e seus amores. Foi pioneiro do romantismo europeu. O amor à natureza e às tradições de sua Escócia natal, aliadas às dificuldades econômicas que enfrentou na adolescência motivaram sua rebelião contra as condições sociais da época, expressou com vigor em sua obra, que também refletiu sua vida boêmia. Poems, Chiefly in the Scottish Dialect (1786), cujo êxito o fez abandonar seus planos de emigrar para a América, e Tam o'Shanter (1789), poema narrativo de caráter burlesco, constituíram suas obras mais valiosas. Depois da segunda edição de seus poemas, dedicou-se à composição de canções populares e escreveu cerca de trezentas, que apareceram em compilações de James Johnson e George Thomson. Algumas dessas composições eram originais e outras haviam sido adaptadas do folclore tradicional escocês. Em todas elas, contudo, apreciava-se um crescente interesse do poeta por refletir com realismo o espírito popular sem perder por isso o rigor poético. Características semelhantes apresentava. Tendo saúde fraca, sofreu um ataque de febre reumática (1795) e morreu no ano seguinte, com apenas 36 anos, em Dumfries, Escócia. A obra de Burns é composta por 559 poemas e canções, sendo " A valsa da Despedida" bastante conhecida em português por haver recebido uma versão feita por Alberto Ribeiro e Braguinha (João de Barro), tornando-se uma canção muito popular. Outras obras de Rober Burns:

- A Man's A Man For A' That
- Scots Wha Hae
- Killiecrankie
- Ye Jaconites By Name

Para mais informações visite o site oficial de Robert Burn e tenha acesso a todas os 559 poemas de Robert Burns: http://www.robertburns.org/

Como sempre deixarei de brinde um poema e uma canção de Robert Burns logo aqui embaixo. Até breve...

Tararanoo...

A Man's A Man For A'That

video

Killiecrankie by Scocha

video

3 comments:

  1. Cá estou para novamente agradecer, agora por sua visita e pelo elogio que me fez. Poxa, não é todo dia que sou chamada de "filósofa". Hahaha.

    Simplesmente adorei os vídeos postados e, claro, de saber um pouco da História de Burns. "Aye! Fucking dancer!" (to aprendendo, quem sabe, daqui alguns dias, a gente se corresponde só em "inglês", não é? Hahaha)

    Cheers,
    Tararanoo!

    ReplyDelete
  2. Olá mais novo amigo! :D
    Sou Damasceno, Darilha Damasceno (à lá James Bond. Haha). Prazer em conhecê-lo, David!

    Agora já sabe, terá, daqui por diante, uma seguidora fiel de seu blog.
    Também nunca fui à Escócia, mas sou fascinada. E seus relatos ajudaram bastante p'ra isso, diga-se de passagem.

    Bem, seja bem vindo ao meu blog, David. Espero que goste (ou tenha paciência) de ler os meus posts (as bobagens). Hahaha.

    Até mais!

    ReplyDelete
  3. De fato, curti o blog, o conteúdo é bem variado!
    Vou passar mais vezes por aqui, tá favoritado!
    Abração!

    ReplyDelete

 
BlogBlogs.Com.Br